Conheça todas as regras do judô


O judô é uma arte marcial de origem japonesa, que foi criada em 1882 com o objetivo de defesa pessoal. Em 1964, passou a ser reconhecido como esporte olímpico e ter competições e regras definidas pela IJF (Federação Internacional de Judô), que inclusive foram renovadas em 2017. Conheça todas as regras do judô!

Onde é praticado?

O judô é praticado em um tatame quadrado, que mede de 14 a 16 metros.

Qual o objetivo?

O objetivo da luta é conquistar um ippon, que acontece quando o judoca derruba o seu adversário e o mantém com as costas ou ombros no chão durante 30 segundos. Quando o ippon é confirmado a luta termina.

Como funciona a luta?

A luta dura até quatro minutos ou termina quando um dos judocas conquista um ippon. Caso nenhum dos lutadores consiga finalizar o confronto, o vencedor será definido pelas vantagens adquiridas durante o duelo.

Quais são as formas de pontuação?

Após a nova regulamentação da IJF, há apenas duas formas de pontuar durante uma luta de judô, o ippon e o waza-ari. Saiba a diferença entre elas! 

Quais são os tipos de penalidades?

O judoca pode sofrer dois tipos de penalidade. O shido e o hansoku-make. Entenda!

Quando o judoca é penalizado?

– O judoca é penalizado quando ele se abdica da luta, não tenta derrubar o adversário e fica apenas se esquivando, o que é considerado falta de combatividade.

– Outra situação que pode render penalizações é desarrumar o judogui propositalmente para o árbitro interromper a luta.

– Quando o judoca coloca as mãos, pés ou pernas no rosto do rival.

– Tentar uma imobilização envolvendo a cabeça ou o pescoço do oponente.

– Além de infrações antidesportivas que podem render a expulsão do judoca e o término da luta. Ofender o árbitro, agredir o adversário ou utilizar objetos por baixo do uniforme são alguns exemplos.

[Foto: Divulgação/CBJ]

23 de outubro de 2018